O PAPEL DO CONTADOR NO E-COMMERCE NOS DIAS ATUAIS

ARTIGO ORIGINAL

SILVA, Raiane Lima da [1], ROBERTO, José Carlos Alves [2], SERRA, Meg Rocha da Cunha [3], LOPES, Nelânia Ferreira [4]

SILVA, Raiane Lima da. Et al. O papel do contador no e-commerce nos dias atuais. Revista Científica Multidisciplinar Núcleo do Conhecimento. Ano. 06, Ed. 10, Vol. 03, pp. 89-104. Outubro 2021. ISSN: 2448-0959, Link de acesso: https://www.nucleodoconhecimento.com.br/contabilidade/contador-no-e-commerce, DOI: 10.32749/nucleodoconhecimento.com.br/contabilidade/contador-no-e-commerce

RESUMO

O mercado vem evoluindo e no comércio não seria diferente. A compra virtual passou de uma opção para uma evolução, pois está progressivamente em expansão, a possibilidade de comprar sem sair de casa vem conquistando muitos consumidores e atraindo muitos novos empreendedores. As pessoas buscam agilidade e praticidade, seja por falta de tempo, trânsito ou por descontos atraentes. O presente Artigo tem como pergunta principal: qual o papel do contador no E-commerce atualmente? E quanto aos objetivos: visa demonstrar o papel do contador no E-commerce e a importância de uma empresa trabalhar legalizada, tendo o contador como ferramenta estratégica para o planejamento e organização de uma empresa. A pesquisa é bibliográfica e documental com base nos assuntos já existentes sobre E-commerce e sobre a importância de se ter um contador, o tipo de abordagem utilizada foi a qualitativa. Portanto, concluímos que é necessário o auxílio de um contador para o processo de abertura de uma empresa, quanto seu papel no planejamento, pois a imagem de que o contador é somente para calcular impostos é distorcida e ilusória, o papel do contador é muito mais que isso.

Palavras-chaves: E-commerce, o Papel do Contador, Planejamento.

1. INTRODUÇÃO

O comércio eletrônico se tornou uma popular opção de compra e vem crescendo sucessivamente, o modelo de compra online atrai todo tipo de público, o que ocorre por conta da facilidade de comprar diretamente de seu lar. A principal vantagem do crescimento do comércio eletrônico para os empreendedores que estão inseridos nesse meio, é a possibilidade de realizar vendas em qualquer horário, não apenas em determinado horário assim como ocorre na maioria dos comércios físicos.

Com isso, a internet passou a ser aliada do empreendedor e abriu fronteiras para o comércio, a expansão do mercado é a evolução dos negócios. Muitos empreendedores iniciam no comércio virtual de forma remota e sem o conhecimento necessário para se manter uma empresa, sendo ela pequena ou grande, é preciso trabalhar de forma legalizada e ter um CNPJ.

O papel do contador é essencial para a parte financeira e administrativa e com passar dos anos, ele passou a ser mais estratégico e tático, possibilitando projeções para o futuro da empresa, por ser possível acompanhar o desenvolvimento através de informações das demonstrações contábeis para a tomada de decisões.

A metodologia de pesquisa usada neste artigo foi a exploratória, com estudo bibliográfico e documental, com base em pesquisas em livros decorrente de apreciações dos autores referente ao assunto abordado, o tipo de abordagem utilizada foi a qualitativa. Salienta-se a intenção de responder à pergunta da pesquisa: qual o papel do contador no E-commerce atualmente? Pontuando os motivos de se trabalhar regularizado com autonomia do negócio, com a cooperação de um contador tendo como objetivo o crescimento da empresa.

Dessa forma, o objetivo geral desse artigo foi ressaltar o papel do contador para o E-commerce, principalmente na legalização da empresa e sua importância no direcionamento do planejamento de uma empresa para seu crescimento no mundo dos negócios.

A relevância do estudo tem a importância de apresentar as razões das empresas virtuais trabalharem legalizadas, tendo em vista também o bom planejamento que uma empresa necessita.

2. FUNDAMENTAÇÃO TEÓRICA

Refere-se ao trabalho em si, onde será apresentado o assunto desenvolvido e suas concepções em relação a determinado tema. É a parte referente ao desenvolvimento, onde o autor vai relacionar teorias de outros autores e fazer afirmações com base em pesquisas relacionadas ao tema mencionado, para que seja exposta com o propósito do seu trabalho (LIBÓRIO; TERRA, 2015).

2.1 E-COMMERCE NO BRASIL

E-commerce no Brasil se deu juntamente com o avanço da internet nos anos 90 e desde então esse comércio vem crescendo e avançando cada vez mais, porém começou a engrenar e ter sua situação contabilizada nos anos 2000 e a partir daí é que teve uma noção do seu faturamento e desde lá só cresce. Uma das pioneiras no Brasil é a Magazine Luiza que ainda hoje é uma potência nesse ramo.

Nos dias atuais é impossível viver sem internet. Cada dia mais, as pessoas estão dependentes, seja usando-a para serviços, falar com outras pessoas ao redor do mundo através das redes sociais, banco e com compras (OLIVEIRO; DEGHI, 2015).

E-commerce ou Comércio eletrônico é também uma maneira mais fácil de montar seu negócio, o que facilita e muito para os pequenos empreendedores que querem entrar no mercado. O comércio eletrônico pode ser definido como uma operação comercial usando objetos eletrônicos como troca de informações, comprar a distância e não precisa sair de casa, basta comprar pelo computador ou outro meio com internet (SALVADOR, 2013).

A busca por praticidade é o que mais motiva a busca constante por produtos ou serviços no mundo inteiro, como basta ter acesso à internet, isso já é o suficiente para finalizar o seu pedido.

A fase eletrônica vai mudar completamente a humanidade, e será a maior revolução que já existiu depois da Revolução Industrial. Com a dominação do papel da tecnologia e estará acessível a todos (RIBEIRO, 2011).

O ano de 2020 colaborou para a expansão do comercio elet